Compras online de vinho crescem 30% durante pandemia

Desde o começo da pandemia da Covid-19 no Brasil em março, o site Wine teve aumento de 30% de clientes fazendo a primeira compra. Em abril, o clube de assinatura da empresa cresceu 40% em relação a março.

Mesmo com a alta nos negócios, a plataforma está promovendo uma campanha de descontos em mais de 500 rótulos. Até domingo, 24, a ação “Imposto Zero Day”, oferecerá descontos de até 65% para sócios e 60% para não-sócios.

De acordo com a Wine, o imposto médio cobrado sobre uma garrafa de vinho chega a 30%. Realizada pelo terceiro ano consecutivo, a promoção quer chamar atenção para sobre como a carga tributária acaba encarecendo mercadorias. No caso do vinho, o preço impede que o consumidor brasileiro explore e desenvolva o hábito de consumir o produto, afirma Laura Barros, diretora de marketing da Wine. “A bebida acaba ficando restrita a ocasiões especiais. Associado ao preço, também, está o mito de que só vinhos caros são bons, o que não é verdade”.

No ano passado, o site zerou os impostos de 200 rótulos e, neste ano, ampliou para 500. Laura explica que, todos os anos, a empresa vê um ligeiro aumento nas vendas durante o inverno. Neste ano, as expectativas estão mais otimistas devido ao crescimento dos últimos meses. De acordo com ela, o consumidor passou a associar mais o consumo de vinho a momentos de entretenimento em casa, como a maratona de séries e o happy hour virtual com os amigos.

Para reforçar a divulgação da promoção, o e-commerce realizou uma live do Jota Quest, que foi transmitida no Instagram da marca na última quarta, 20. Desde o início da quarentena, o anunciante montou o projeto Wine em Casa, disponível no app, que traz mais conteúdos relacionados ao universo do vinho, que inclui receitas, o podcast Wineverso e o blog Winepedia.